Vidro no box de banheiro é perigoso?

2021-04-27

Por: Vidraçaria BH

Estilos de vidro, película de segurança, normas e mais informações para garantir a proteção na instalação e durante o uso.

O box de vidro do banheiro é responsável por grande parcela de acidentes domésticos. O material, apesar de resistente e seguro, pode apresentar fragilidade diante de impactos mecânicos e choques térmicos.

Então, a opção mais indicada pela norma técnica de box de banheiro, a ABNT NBR 14.207, é o vidro temperado – que possui uma resistência cinco vezes maior se comparado a um vidro comum. Também de acordo com a norma brasileira, o box de vidro deve ser instalado sempre por profissionais qualificados.

É exigido pela norma também que o vidro temperado tenha espessura a partir de 8mm. Isso porque o vidro comum, além de ser mais suscetível a quebras, quando isso acontece, ele estilhaça – aumentando as chances de ferimentos.

A escolha do tipo correto do vidro é fundamental para garantir a segurança dos usuários. Na dúvida, o melhor a fazer é consultar a ABNT NBR 14207:2009 – Boxes de banheiro fabricados com vidro de segurança.

A técnica especifica os requisitos para os materiais utilizados no projeto e na instalação, fabricados a partir de painéis de vidro de segurança.

Tipos de vidros de segurança permitidos

Temperado

Seu material é submetido a um processo de aquecimento e resfriamento rápido, fazendo com que a peça se torne cinco vezes mais forte. Ao quebrar, ela é fragmentada em pequenos pedaços não pontiagudos, reduzindo o risco de ferimentos.

O vidro temperado pode ser encontrado nas versões incolor e nos tons verde, cinza e bronze. Também é comercializado para oferecer privacidade e reflexão, com as opções impressas e espelhadas.

Laminado

Composto por duas ou mais lâminas fortemente interligadas por uma ou mais camadas intermediárias, geralmente com PVB. Em caso de quebra do vidro laminado, os cacos ficam presos na camada intermediária, evitando que se espalhem e ameacem a segurança de alguém.

Temperado com película de segurança

Toda a peça recebe uma película de segurança antes da instalação, incluindo a parte que ficará presa na estrutura do boxe. Esse recurso deve garantir que, em caso de quebra, a película irá suportar pelo menos um movimento completo de abertura e fechamento da porta. Além disso, os fragmentos permanecem presos à estrutura por uma média de duas horas após a quebra, tempo que deve ser dedicado para chamar um técnico que fará a desinstalação com segurança.

Entre as três alternativas acima, o vidro temperado é o mais utilizado. Sua resistência mecânica e efeitos térmicos são suas maiores vantagens. Isso porque, conforme apresentamos, a temperatura proporciona um aumento significativo de força anti-quebra. Já o vidro laminado pode reduzir com mais eficácia o risco de ferimentos.

Em residências com crianças, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção, o conselho é, se possível, garantir uma resistência maior com a aplicação de uma película de segurança sobre o vidro.

E, por fim, ainda dentre os tipos de vidro de segurança, é possível fazer variações com vidros impressos que possuem texturas diferenciadas, opções coloridas e até a possibilidade de variar níveis de transparência.

Normas específicas para cada modelo

A Associação Brasileira de Normas Técnicas reúne mais de 30 normas para o setor vidreiro. Todas elaboradas no âmbito do ABNT/CB-037. A seguir vamos apresentar as que correspondem aos modelos do item anterior.

ABNT NBR 14698:2001 – Vidro temperado

A norma especifica os requisitos gerais, métodos de ensaio e cuidados necessários para garantir a segurança, a durabilidade e a qualidade do vidro temperado em suas aplicações na construção civil. Ainda fornece a classificação deste produto como vidro de segurança.

ABNT NBR 14697:2001 – Vidro laminado

Também especifica os requisitos gerais e fornece a classificação do mesmo como vidro de segurança.

Em relação a ambos os vidros de segurança, há ainda outras normas que estabelecem métodos de ensaios para transmissão luminosa, resistência a umidade e a altas temperaturas. Os documentos podem ser encontrados no site oficial da ABNT.

Película de segurança

Além da película interna do vidro laminado que já mencionamos, há também a opção de utilizar uma película externa de segurança. A norma não exige o uso, apenas o vidro temperado a partir de 8mm seria suficiente, mas a película de segurança para box de vidro garante uma proteção extra que deve ser levada em conta.

Ela deve ser aplicada antes da instalação para que a parte do vidro que ficará presa na estrutura também receba o filme. Seu fabricante deve garantir também que, em caso de quebra, seja permitido pelo menos um movimento de abrir e fechar da porta – e que os fragmentos permaneçam presos à estrutura de fixação por algumas horas, conforme determinado pela norma técnica.

Vantagens da película de segurança:

Desvantagens  da película de segurança:

Instalação e uso

O instalador contratado para a instalação deve ter experiência em conhecimentos básicos do vidro, saber utilizar corretamente aparelhos de medição, angulação e ferramentas. O vidro, por sua vez, deve ter a marca do fabricante e a orientação da empresa responsável pela instalação do box. Por isso, crie um adesivo com uma boa aparência e durabilidade e cole de maneira bem discreta para não poluir a estética do box.

A norma técnica do box também exige que os fabricantes façam testes de seus produtos em laboratório credenciado pelo Inmetro. São feitos testes do box montado e também dos componentes e ferragens utilizadas no mesmo – fique atento a essas questões.

Acidentes e manutenção

Instruir o cliente a acionar a empresa que instalou o box imediatamente caso haja acidentes envolvendo o vidro é de extrema importância para que seja feita uma avaliação do que possa ter provocado a quebra.

A manutenção preventiva é uma ação importante para evitar acidentes. Inclusive, é essencial alertar ao consumidor que ela deve ser realizada a cada 12 meses a partir da instalação ou da última revisão. O tempo é determinado pela norma técnica da ABNT NBR 14207.

Acidentes e quebras podem ser evitados com a manutenção anual de um vidraceiro, pois o desgaste das peças que compõem o box causa desalinhamento do vidro e atrito. O profissional será capaz de identificar fissuras e lascas no material, desgaste nas roldanas e trilhos, bem como nas borrachas de amortecimento.

Listamos algumas dicas de atenção que podem ser compartilhadas com o cliente a após a finalização da instalação:

Como vimos, a segurança deve ser sempre a prioridade para qualquer projeto com vidros. Seja utilizando o vidro laminado ou a película de segurança para box, o importante é sempre considerar a relação entre as vantagens e o custo-benefício!

Matéria Original Aqui

Nossos Serviços

Relacionados.